Quarta, 22 de Setembro de 2021
Esportes Contrato novo

Contratado pelo UFC, Jailton Malhadinho promete busca por cinturão

O desempenho Jailton Malhadinho surpreendeu o empresário Dana White

15/09/2021 às 15h30
Por: Redação Fonte: Galáticos Online
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Mais um atleta baiano assinou contrato com o Ultimate Fighting Championship (UFC). Jailton Malhadinho não tomou conhecimento do adversário russo Nasrudin Nasrudinov e venceu a luta principal do Contender Series, evento realizado na última terça-feira (14).

O desempenho Jailton Malhadinho surpreendeu o empresário Dana White, que assinou contrato com ele e outros quatro lutadores que participaram do evento. 

Em entrevista exclusiva para o Bnews, Jailton Malhadinho falou sobre o desempenho na luta de ontem e sobre a alegria de ter assinado contrato com o UFC.

"Eu estou aqui ainda em êxtase. Foi um lutão, um lutão mesmo. Eu consegui impor meu jogo na luta, graças a Deus. Mostrei para Dana White que a gente também tem força. Foi um lutaço, um lutaço mesmo", disse Malhadinho.

"Mais um baiano indo para o UFC, a gente tem aí Amanda Nunes, Carlos Boi, tem Virna Jandiroba que estão aí. Amanda é um exemplo para todos os baianos, uma guerreira de dois cinturões, não é atoa. Mais um baiano lá representando grandão a nossa Bahia. Com fé em Deus eu vou conquistar esse cinturão também e vou dar alegria ao nosso povo", completou o lutador.

O atleta de 30 anos teve grande influência do pai, que foi lutador de boxe. Das academias de Salvador, para o mundo. Depois do boxe, ele começou a praticar Jiu Jitsu e a disputar campeonatos.

Apesar do destaque nas competições que disputou, Jailton Malhadinho precisou parar de lutar por dificuldades financeiras. "Eu trabalhava para poder manter o treino e manter minha alimentação, eu não tinha retorno financeiro. Eventos nacionais, não agravando a todos, mas tem alguns que não acabam beneficiando o atleta a seguir sua trajetória, as vezes pagava um valor que gastava mais do que você recebia", contou o atleta. 

O retorno dele ao mundo da luta foi em grande estilo. O atleta conseguiu um contrato com o UFC, um bom patrocínio e agora sonha em conquistar o cinturão dos meio-pesados. 

"Objetivo de qualquer um. Poder lutar logo, graças a Deus não sofri nenhum lesão grave. Quero voltar a lutar logo, estrear logo no UFC, estrear logo com vitória para chegar logo chutando o pau da barraca. Quero lutar logo e quem sabe aí, fazer umas quatro, cinco lutas e chegar bem nesse cinturão aí", apontou o lutador.
 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias