Segunda, 16 de Maio de 2022
Bahia Saúde

Justiça suspende venda de produtos com altos níveis de agrotóxicos em rede de supermercados

Medida foi solicitada pelo Ministério Público estadual

09/05/2022 às 08h19 Atualizada em 09/05/2022 às 08h22
Por: Redação Fonte: Bahia.Ba
Compartilhe:
Google Street View
Google Street View

A Justiça determinou que a rede de supermercados Bompreço suspenda a venda de alguns produtos com resíduos de agrotóxicos proibidos ou acima dos limites permitidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A decisão foi tomada após pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA) , que divulgou a informação na sexta-feira (6).

A suspensão tem efeito imediato e é válida até que a Diretoria de Vigilância Sanitária (Divisa) ateste que estejam reabilitados para voltar a fornecer no mercado de consumo, segundo o MP.

Por meio da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o MP tomou conhecimento de que a rede expôs e vendeu aos consumidores as mercadorias em condições inapropriadas, com resíduos de agrotóxicos proibidos ou acima dos limites permitidos.

Entre as substâncias encontradas estão metamidofos e trifloxistrobina, acefato e cromuconazol, acetamiprido, diclorvos e fempropatina, que podem causar intoxicação alimentar e até alguns tipos de câncer, além de provocar danos aos sistemas nervoso e imunológico, bem como toxicidade endócrina e reprodutiva, malformações embriofetais e alterações hormonais.

Estes efeitos colaterais adversos e graves estão apontados em levantamentos da Anvisa. Alguns destes agrotóxicos têm comercialização proibida em alguns países, justamente por causa destes riscos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias