Quarta, 20 de Janeiro de 2021 12:21
71 99402-8189
Esportes EC Bahia

Colado no Z-4, Bahia tenta iniciar bem o ano contra o Grêmio Colado no Z-4, Bahia tenta iniciar bem o ano contra o Grêmio

Dado Cavalcante teve 10 dias para preparar equipe para o jogo desta quarta-feira (6)

06/01/2021 06h59
17
Por: Redação Fonte: Nuno Krause*
Felipe Oliveira / ECBahia
Felipe Oliveira / ECBahia

Independentemente de quem ache ou não que o Bahia já está derrotado, o fato é que ainda estão rolando os dados. Neste início de 2021, o Esquadrão lança suas últimas cartadas para tentar sobreviver na Série A e dar início ao planejamento para a próxima temporada. A principal delas é o próprio Dado – o Cavalcanti. Ele, teoricamente, coordenaria a base e treinaria o time de transição, mas terá nesta quarta-feira, 6, seu segundo desafio à frente do grupo principal: o Grêmio, atual 5º colocado do Brasileirão, em Porto Alegre.

>>Veja tabela de classificação e jogos da Série A

Com sete derrotas consecutivas no campeonato, as noites, dias e até as madrugadas do Tricolor têm sido mais de frio do que de calor. O clube ocupa a 16ª colocação e tem os mesmos 28 pontos do Vasco, que abre a zona do rebaixamento. O Cruzmaltino tem um jogo a menos, contra o Palmeiras, no Allianz Parque.

Tempo

Diferentemente da estreia – a derrota por 2 a 1 para o Internacional, na Fonte Nova – Dado Cavalcanti desta vez teve tempo para trabalhar. Foram 10 dias, ao todo, que, segundo o treinador, permitiram fazer algumas mudanças no time titular, além dos desfalques já previstos. Gregore e Juninho estão suspensos, e Juninho Capixaba não pode atuar pois pertence ao Grêmio.

“Tomei a decisão de mudar em outras posições, por pensar que a evolução da equipe também passa por isso, por dar uma oxigenação maior nos jogadores que vêm jogando, mexer um pouco nesse caldeirão. Buscar soluções dentro do nosso grupo, até porque estamos em fase final de campeonato, ninguém mais vai chegar”, afirmou Dado, em entrevista coletiva.

Além disso, o comandante também proporcionou a vinda de dois jogadores da base: os atacantes Thiago, que foi o artilheiro do time na Copa do Brasil sub-20, e Marcelo.

“Já tinha a necessidade e o meu interesse de tê-los comigo há mais tempo. Tomei o cuidado para não desfalcar o sub-20. Foi inevitável a vinda de Thiago antes, por entender que ele vai trazer uma perspectiva diferente para a nossa equipe. É um jogador de fundo de campo, de velocidade, de muita agressividade, que às vezes nos falta em alguns jogos. Marcelo talvez passe por uma adaptação maior, porque é mais jovem. Jogou menos, tem menos experiência”, relatou o treinador.

Mentalidade

Para tentar virar a sorte e parar de correr na direção contrária do que vem fazendo administrativamente, o gestor Guilherme Bellintani, além da chegada de Dado, têm promovido mudanças no departamento de futebol. A primeira delas, anunciada na última segunda, foi a chegada do ex-goleiro Renê Marques para coordenar o setor.

Importante na campanha do acesso à Série A em 2010 como jogador, o agora gestor já viajou com o grupo para Porto Alegre e tem como uma de suas principais funções motivar o elenco. Outro nome para ser responsável pelas contratações deve ser anunciado em breve.

São mudanças que fazem parte do planejamento do segundo triênio da gestão Bellintani, mas neste momento têm caráter emergencial. As apostas, como a efetivação de Dado e a vinda de jogadores do sub-20, são as últimas opções que restam para um elenco que não cumpriu com o planejamento esperado: brigar por uma vaga na libertadores. Enquanto isso, a zona de rebaixamento se aproxima, e o tempo para tentativas vai ficando cada vez mais curto, pois ele não para.

Novidade

O Bahia contratou o lateral esquerdo Felipinho, que pertencia ao Atlético de Alagoinhas, para a equipe de transição. Com 23 anos, ele foi um dos destaques do Carcará na campanha que levou o clube à final do Campeonato Baiano em 2020. O jogador deve atuar pelo Tricolor no estadual de 2021, que está previsto para começar no dia 21 de fevereiro e terminar em 23 de maio.

*Sob supervisão do editor Daniel Dórea

GRÊMIO X BAHIA - 28ª RODADA DO BRASILEIRÃO SÉRIE A

Local:  Arena do Grêmio, às 19h15, em Porto Alegre-RS 

Árbitro: Ramon Abatti (SC)

Assistentes: Kleber Lucio Gil  e Johnny Barros de Oliveira (ambos de SC)

Grêmio: Vanderlei; Victor Ferraz, Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Darlan e Alisson; Jean Pyerre, Pepê e Diego Souza. Técnico: Renato Portaluppi.

Bahia: Douglas Friedrich; Nino, Ernando, Anderson Martins e Matheus Bahia; Ronaldo, Edson, Ramon, Índio Ramírez e Rossi (Thiago); Gilberto. Técnico: Dado Cavalcanti

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias