Quarta, 20 de Janeiro de 2021 13:40
71 99402-8189
Esportes EC Bahia

Bahia perde para o Grêmio e pode terminar rodada na zona de rebaixamento

Tricolor saiu na bronca com o VAR, que anulou um gol de Gilberto

07/01/2021 07h19
18
Por: Redação Fonte: Nuno Krause* e Redação
Rafael Machado / EC Bahia
Rafael Machado / EC Bahia

Sete derrotas consecutivas. Por mais que perder fosse o desfecho mais esperado para o jogo desta quarta-feira, 6, contra o Grêmio, fora de casa, o 2 a 1 para os gaúchos deixou o Bahia em situação complicada nessa 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com os mesmos 28 pontos do Vasco, que abre a zona de rebaixamento, o Tricolor vai vendo sua situação ficar cada vez mais difícil de ser revertida. O Cruzmaltino enfrenta o Atlético Goianiense, em Goiânia, às 21h desta quinta, 7, e pode colocar o  Esquadrão no Z4 com um simples empate.

Na primeira partida que Dado teve tempo para treinar a equipe, algumas evoluções foram vistas, especialmente no setor ofensivo. A pior defesa do Brasileirão, no entanto, mostrou mais uma vez porque essa marca lhe pertence.

O duelo contra o Atlético-GO, um adversário teoricamente mais tranquilo, no dia 10 de janeiro, fora de casa, pode dar melhor forma para aquilo que Dado deseja para a equipe. Thiago, que estreou no profissional, fez atuação insegura, mas não pode ser cobrado por isso.

Com a vitória por 2 a 1, o Grêmio entrou na zona de classificação para a Libertadores da próxima temporada, e seca o Internacional, que joga nesta quinta, contra o Ceará, no Castelão. A próxima partida do Tricolor gaúcho é contra o Fortaleza, fora de casa, no próximo sábado, dia 9 de janeiro.

Competitivo, mas falho

O primeiro tempo do Bahia teve algo de positivo. A postura em relação ao que foi visto em 2020 melhorou. Marcação na saída de bola do Grêmio em alguns momentos, Daniel e Ramírez dando qualidade à organização de jogadas e transição em velocidade. 

Porém, o time falhou naquilo que já é de praxe: a defesa, que é a pior do Brasileirão, agora com 49 gols sofridos. Aos 6 minutos, Diego Souza quase abriu o placar para os gaúchos. Após cruzamento de Alisson, Douglas saiu mal e deixou o gol vazio. Na dividida com Anderson Martins, o gremista jogou para fora. 

O gol saiu aos 15 minutos, com o estreante Vanderson. Diogo Barbosa recebeu em corredor deixado por Nino Paraíba e cruzou na cabeça do outro lateral, que mandou no contrapé de Douglas.

O Bahia teve sua primeira chance de perigo aos 20 minutos, com Daniel. O camisa oito recebeu de Gilberto na entrada da área e arriscou colocado. Vanderlei estava lá para espalmar para fora.

Aos 25, começou a polêmica. Gilberto recebeu e acertou uma pancada de longe, que entrou no ângulo esquerdo de Vanderlei. Porém, o atacante estava impedido por milímetros no início da jogada, apontou o VAR, que anulou o gol.

O centroavante ainda perderia uma chance de ouro, aos 47 minutos. Após bola mal recuada do ataque do Grêmio, Ramírez encontrou um belíssimo passe para o camisa nove que, na cara do gol, chutou para fora.

Esperança e decepção

O sopro de esperança do Esquadrão veio com apenas um minuto e meio. Anderson Martins, que provavelmente não repetirá esse tipo de lance tão cedo, recebeu na entrada da área de Índio Ramírez e acertou um belo chute de canhota, no ângulo de Vanderlei.

A alegria do Tricolor, contudo, durou pouco. Sete minutos depois, o árbitro deu falta em dois lances para o Grêmio, na entrada da área adversária. Diego Souza recebeu de Jean Pyerre e chutou forte. A bola desviou na barreira e Douglas ainda conseguiu tocar nela, mas não evitou o segundo do Grêmio.

O fôlego baiano foi se esvaindo  aos poucos, e o jogo ficou monótono. As entradas de Rossi e Clayson nos lugares de Thiago e Ramon não agregaram em nada, e o time não conseguiu produzir muita coisa. Aos 28 minutos, Gilberto teve chance de finalizar dentro da área em cruzamento de Nino, mas dividiu com Kanneman e a bola passou direto.

Aos 39, Rossi ganhou jogada na força e cruzou para Vanderlei afastar da área. Aos 43, Pepê arriscou colocado de fora da área e a bola tirou tinta da trave. E foi só. 

*Sob supervisão dos editorores Nelson Luis e Daniel Dórea

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias