Quarta, 20 de Janeiro de 2021 12:57
71 99402-8189
Esportes EC Vitória

Após perder por 4x0, Vitória chega ao quarto jogo seguido sem triunfos

A derrota não colocou o Rubro-Negro no Z-4

10/01/2021 08h37
16
Por: Redação Fonte: Rafael Teles
Mourão Panda - América Mg
Mourão Panda - América Mg

Deu a lógica no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Neste sábado, 9, em jogo válido pela 33ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o América-MG goleou o Vitória por 4 a 0, em partida que reuniu o líder da competição contra um postulante ao rebaixamento para a terceira divisão.

A derrota não colocou o Rubro-Negro no Z4, mas o time treinado por Rodrigo Chagas perdeu uma posição e agora ocupa o 16º lugar, o primeiro fora do grupo dos quatro últimos. A distância para o Figueirense, 17º colocado, é de apenas um ponto.

Para piorar, na próxima rodada o Leão tem mais um desafio como visitante na Série B. O time volta a campo na quarta-feira, quando enfrenta o Avaí, na Ressacada.

O jogo

Quando a partida começou, neste sábado, no Estádio Independência, o Vitória já sabia que não corria risco de terminar a 33ª rodada na zona de rebaixamento. A situação parece ter passado mais tranquilidade para o time, que mostrou um futebol sóbrio nos primeiros minutos.

O Rubro-Negro não chegou a ser melhor em campo, mas foi quem teve a primeira boa oportunidade. Caíque Souza, que aos 11’ entrou no lugar de Ewandro, machucado, invadiu a área e obrigou Cavichioli a fazer uma boa defesa.

Mandante e (bem) melhor posicionado na tabela, o Coelho era mais organizado e conseguia se fazer mais presente no campo de ataque. Assim, aos poucos, as chances foram aparecendo.

Sávio chegou com espaço na linha de fundo, mas errou cruzamento aos 14’. Pouco depois, Messias aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou para defesa de César.

Aos 19 minutos o melhor futebol do América-MG se converteu em gol. Os comandados de Lisca tiveram paciência e trocaram passes eté Ademir ter espaço pelo lado direito do ataque. Aí o camisa dez cruzou na medida para Rodolfo, que subiu entre os zagueiros do Vitória e mandou para o fundo das redes.

A organização que o Rubro-Negro, neste sábado de branco, mostrou nos primeiros minutos, desapareceu depois do gol sofrido em Belo Horizonte. Além de não conseguir mais trocar passes no campo ofensivo, o Leão passou a oferecer cada vez mais espaço ao adversário.

A desorganização foi cobrada aos 37’, quando o Coelho encaixou um ótimo contra-ataque que só parou com Sávio derrubado por Guilherme Rend dentro da área. O zagueiro Messias foi para cobrança e marcou o segundo dos donos da casa.

Não foram os piores 45 minutos do Vitória nessa edição da Série B, mas diante do líder do campeonato seria preciso fazer muito mais para conseguir um resultado diferente que a derrota parcial com a qual o time foi para o intervalo no jogo deste sábado.

Segundo tempo

No começo do segundo tempo o Leão até assustou com um chute de fora da área de Rafael Carioca, mas o Coelho ainda era melhor em campo.

Os mineiros, na verdade, deram continuidade a aula de futebol, com um meio de campo dominante, que trocava passes até encontrar espaço na defesa dos visitantes.

Rodrigo Chagas ainda precisou lidar com uma notícia ruim quando Guilherme Rend pediu para deixar o campo. Matheus Frizzo entrou no lugar do volante, titular absoluto do time na temporada.

Enquanto isso, César seguiu com defesas importantes para evitar uma goleada no Independência. Ele foi bem até os minutos finais, mas não conseguiu parar Neto Berola, que entrou em campo e marcou mais duas vezes, uma aos 42’ e outra aos 45’, para colocar números finais no jogo.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias