Sábado, 16 de Janeiro de 2021 20:32
71 99402-8189
Brasil Economia

Com o fim do auxílio emergencial, Norte e Nordeste devem ser as regiões mais prejudicadas

Como comparação, a renda de todo o Brasil cresceu 4,6% no ano passado e deve recuar 3,7% em 2021

13/01/2021 07h17
13
Por: Redação Fonte: Jones Araújo
Agência Brasil
Agência Brasil

As regiões Norte e Nordeste foram as que tiveram o maior número de domicílios beneficiados pelo auxílio emergencial e agora, com o fim da ajuda do governo, desempenho econômico das localidades deve ser o mais prejudicado. A última parcela do auxílio foi depositada no mês de dezembro.

De acordo com estudo realizado pela consultoria Tendências aponta que o rendimento dos moradores da região Norte saltou 13,1% no ano passado, enquanto que o dos habitantes do Nordeste cresceu 8,3%.

Em 2021, porém, os dados apontam para uma reversão: a renda do Norte vai despencar 8,5% e a do Nordeste, 8%.

Como comparação, a renda de todo o Brasil cresceu 4,6% no ano passado e deve recuar 3,7% em 2021.

*Com informações do G1

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias