Quarta, 12 de Junho de 2024
Entretenimento Não gostaram

Ultraje a Rigor é chamada de fascista e se revolta com radialista

Um radialista de São Paulo chamou a banda Ultraje a Rigor de fascista: ação gerou reclamações por parte da banda

09/06/2024 às 11h00
Por: Redação Fonte: Portal Bahia.Ba
Compartilhe:
Reprodução/Redes Sociais
Reprodução/Redes Sociais

Uma confusão envolvendo a banda Ultraje a Rigor e um radialista de São Paulo foi parar entre os assuntos mais comentados das redes sociais na manhã deste domingo (9). A treta começou após Marco Antonio, da Kiss FM, chamar a banda liderada por Roger Moreira de “fascista”. A informação é de uma matéria do Metrópoles.

O Metrópoles aponta que o Ultraje a Rigor estava escalado para tocar no aniversário da rádio. Porém, o show foi cancelado. Pelas redes sociais, Marco Antonio comemorou a decisão.

“Graças a Deus a Kiss repensou e decidiu cancelar o show de aniversário da rádio com a merda ultrajante do Ultraje a Rigor. Uma rádio tão importante como a nossa, merece uma festa de respeito e não um grupo de fascistas falidos”, escreveu o radialista.

Ainda segundo o Metrópoles, o post causou indignação entre os fãs e integrantes da banda. Pelo perfil oficial, o Ultraje a Rigor postou: “Somos atacados por Marco Antonio, cancelam o show que seria feito no Dia Mundial do Rock (data importantíssima) faltando 36 dias para o evento e é isso que temos como resposta?”.

O Metrópoles acrescenta que em comunicado, também postado nas redes sociais, a Kiss FM afirma que a posição dos colaboradores não reflete os “princípios e valores da emissora”.

“Tratamos qualquer problema que possa acontecer em função de mensagens isoladas com muita seriedade e, por isso, reiteramos aos ouvintes e parceiros que as informações validades pela Kiss FM estão nos canais oficiais da emissora”, diz o texto.

Marco Antonio também usou a rede social para se pronunciar sobre o ocorrido: “Amigos, gostaria de esclarecer que, num momento de empolgação pessoal, cometi um erro ao fazer uma crítica a uma determinada banda e senti que, sem a menor intenção, prejudiquei a emissora que trabalho”, complementa o Metrópoles.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias