Quarta, 22 de Setembro de 2021
Mata de São João Mata de São João

Novo decreto permite apresentações de voz e violão em bares e restaurantes

As medidas foram tomadas durante reunião virtual, através da plataforma Zoom, entre o prefeito João Gualberto, os secretários municipais Áureo Franco (Obras de Serviços Públicos), Alexandre Rossi (Turismo) e empresários, na manhã desta quinta-feira.

10/07/2021 às 15h12
Por: Redação Fonte: Ascom PMMSJ
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

Os bares e restaurantes de Mata de São João poderão funcionar até às 00h. A medida foi autorizada pela prefeitura, a partir de decreto municipal publicado nesta quinta-feira (8), e passa a valer a partir desta sexta-feira (9).

Além da ampliação do horário de funcionamento, a prefeitura também autorizou apresentações musicais, sendo exclusivamente, voz e violão.

As medidas foram tomadas durante reunião virtual, através da plataforma Zoom, entre o prefeito João Gualberto, os secretários municipais Áureo Franco (Obras de Serviços Públicos), Alexandre Rossi (Turismo) e empresários, na manhã desta quinta-feira.

As medidas de flexibilização foram recebidas com muita alegria por todos que estavam presentes no encontro, como foi o caso do presidente da Associação Comercial e Turística da Praia do Forte (Turisforte), Luciano Mandelli. "Essa decisão traz uma energia nova, que vai movimentar a nossa economia. É um motivo de enorme comemoração", afirmou.

Durante a conversa virtual, o prefeito explicou que a flexibilização se dá em decorrência da diminuição de casos na Bahia, bem como a redução de ocupação de leitos de UTI's. Gualberto reforçou a necessidade de manter os protocolos sanitários, como distanciamento, uso de máscara e álcool em gel a 70%.

As cerimônias, festas de casamento e solenidades de formatura, assim como eventos corporativos e religiosos, só podem acontecer com no máximo 200 pessoas, ou 50% de ocupação dos locais. Todos devem obedecer rigorosamente às medidas de higiene e distanciamento social.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias